XVI EPP e II CIPTF | Segunda noite tem Leandro Karnal falando sobre ética e sociedade

O XVI Encontro Paranaense de Psicologia e II Congresso Internacional de Psicologia da Tríplice Fronteira (XVI EPP e II CIPTF) tiveram o segundo dia de atividades ontem (23), com o início dos minicursos e oficinas, que vão até sábado (25), e 38 mesas-redondas e palestras, além da conferência com Leandro Karnal.

Karnal trouxe às mais de 1200 pessoas presentes importantes reflexões sobre a ética em nossa sociedade. Segundo o professor do Departamento de História da Unicamp, devemos ser éticos em qualquer situação de nossas vidas, mas sem se ater à valorização deste comportamento. A ética pressupõe fazer o que é certo e interferir em comportamentos quando prejudicam os outros, como é o caso de violências e comentários preconceituosos. No entanto, o respeito à diversidade é essencial. “A ética se torna quase um imperativo categórico para a vida em sociedade. Sociedades onde a ética entra em colapso tornam-se sociedades inviáveis, como a Síria e a Venezuela”, refletiu o conferencista, sempre se dirigindo ao público de profissionais da Psicologia e estudantes desta ciência e profissão. “Então não é mais um pedido filosófico, não é mais um apelo religioso. É uma capacidade de respondermos daqui para frente, como Psicólogos e Psicólogas, se a vida em sociedade é possível, se a vida em sociedade vai continuar sendo viável.”

 

A cobertura completa do (XVI EPP e II CIPTF) você confere na próxima edição da Revista Contato. Acompanhe também alguns momentos em nossos stories do Instagram (@crp_pr) e do Facebook (/crppr).

Rolar para cima