Notícia

Trabalhadoras(es) do SUAS entrega Carta ao Prefeito: CRP-PR apoia reivindicações

Na última quarta-feira (02/6), trabalhadoras(es) do Sistema Único de Assistência Social de Cascavel entregaram ao Prefeito Municipal uma carta reivindicando vacinação contra a Covid-19 para toda categoria.
 
No documento, as(os) profissionais do SUAS manifestam sua insatisfação frente a sucessivas indicações de que seriam contempladas(os) futuramente, mas sem a concretização desse compromisso até agora. O CRP-PR reconhece a legitimidade da solicitação, manifestando seu apoio à articulação.
 
No Plano Municipal de Vacinação de Cascavel, atualizado em 06/5, está prevista a imunização conjunta de doze mil trabalhadoras(es) da Assistência Social e da Educação na décima quinta fase das prioridades. Contudo, a Prefeitura já vem noticiando em seus canais de comunicação a disponibilidade de doses para profissionais das escolas desde 20/5, enquanto as equipes do SUAS ainda não têm data definida.
 
Ressalta-se que, em memorando circular de 28/5, a Diretoria de Atenção e Vigilância da Secretaria de Estado da Saúde (SESA) já havia orientado suas regionais à vacinação concomitante de profissionais do SUAS e da Educação.
 
Desde o início dos planejamentos de vacinação, o CRP-PR tem incidido junto a diversos órgãos públicos, municipais e estaduais, dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, além de instâncias de articulação e controle social, pelo cumprimento dos planos estabelecidos e pela máxima celeridade na imunização da população. Destaca-se que a definição dos critérios e gerência dos processos relacionados à vacina são de responsabilidade exclusiva das autoridades sanitárias, e o Conselho tem contribuído amplamente para a vacinação da categoria com o atendimento ágil e proativo às demandas municipais, além de tentativas constantes de elucidações de procedimentos em diversos municípios.
 
Saiba mais sobre a atuação do Conselho em: https://crppr.org.br/central-de-informacoes-vacinacao/
 
Confira abaixo o teor da carta das(os) trabalhadoras(es) do SUAS à Prefeitura de Cascavel na íntegra.
Carta aberta ao prefeito de Cascavel, Leonaldo Paranhos.
 
Os servidores da Secretaria de Assistência Social de Cascavel (PR) vem através desta carta tornar pública a insatisfação quanto a falta de previsão para vacinação dos profissionais que trabalham nas unidades de assistência do município.
 
Diante do enfrentamento desta Pandemia, nossas funções são consideradas essenciais, de maneira que estamos trabalhando sem interrupção desde o início das medidas preventivas e restritivas relacionadas a Covid-19, sem alteração de horário ou mesmo escalas de revezamento.
 
No entanto não fomos priorizados e até o momento, não fomos vacinados e continuamos atendendo a população, agora em maior demanda, mais fragilizada e empobrecida em diversos aspectos. Já realizamos abaixo assinado e nem assim houve revisão da priorização e mesmo com isso seguimos atendendo livre demanda, cumprindo prazos e prestando auxílio à população que necessita. Também não temos uma previsão quanto a vacinação, apenas sendo realizadas promessas de que entraremos no próximo grupo de vacinação, as quais se estendem sem prazos definidos.
 
Só queremos ter o direito de atender a população um pouco mais seguros, pois o trabalho está sendo feito e continuará, visto que não pretendemos abdicar da nossa responsabilidade e juramento de enfrentar as adversidades.
 
Esperamos que seja dada atenção a nossa manifestação e, mais do que isso, seja firmado compromisso, considerando a atuação comprometida que estamos mantendo com nossas funções nesse momento tão adverso, mas principalmente a fim de continuar possibilitando aos usuários que seus direitos sejam garantidos como preconiza nossa política. Ademais, entendemos que a ausência disso prejudicará a manutenção das nossas possibilidades e rotinas de trabalho diante do risco evidenciado.
 
 
Atenciosamente,
Servidores públicos da Secretaria de Assistência Social.