Notícia

Psicologia no combate ao racismo é tema de evento em Guarapuava

A representatividade das(os) Psicólogas(os) frente ao racismo foi o tema abordado no evento “Psicologia e Práticas Profissionais para o combate ao Racismo”, que aconteceu em Guarapuava na última semana.

Com a participação dos palestrantes Miriam Cristiane Alves (UFPel – Rio Grande do Sul)Edelu Kawahala (Universidade Estácio de Sá – Santa Catarina) e Kátia Margarete da Rosa (Ministério da Saúde – Saúde Indígena), o evento contou com uma ampla discussão sobre como a(o) profissional pode aprimorar os vínculos com a população e com esta temática – não por sua própria percepção de mundo, mas com base na proximidade e escuta bem desenvolvida.

 

 

Os palestrantes afirmaram a importância da vanguarda do Conselho Regional de Psicologia do Paraná (CRP-PR) em permitir e manter sua Comissão Étnico-Racial, não apenas como um tema da Comissão de Direitos Humanos, mas representando as(os) negras(os), indígenas, ciganas(os) e a problemática do racismo de forma direta.

O evento contou com a presença de profissionais da Psicologia e demais áreas, como Assistentes Sociais, Pedagogos, Educadores e acadêmicos de Psicologia das faculdades regionais, que puderam contribuir e dialogar sobre o assunto. Na ocasião, foi decidida, com a colaboração de todos os presentes, a necessidade de uma maior proximidade com as instituições formadoras e a Comissão Étnico-Racial, além de campanhas para conscientização do racismo e pelo amor aos antepassados e mais eventos formadores sobre a temática com a participação da comunidade geral, com um debate sobre o sujeito da Psicologia no Brasil e sua historicidade latino-americana.

Rolar para cima