Notícia

Projeto leva informação sobre violência sexual às crianças e estimula a autodefesa

Evitar que crianças e adolescente sejam vítimas de violência e abuso sexual é responsabilidade dos adultos, mas também dos próprios menores. Foi pensando assim que o Centro Marista de Defesa da Infância lançou, em 2014, a campanha Defenda-se, que busca conscientizar meninos e meninas das formas de autodefesa que eles têm ao seu alcance, como o disque 100 e o Conselho Tutelar.  

De acordo com o coordenador da campanha, Vinicius Gallon, a ideia surgiu ao perceber que o foco das campanhas tradicionais era sempre o adulto, tanto o que protege quanto o que viola. “Tudo começou na época da Copa do Mundo de 2014, mas produzimos mais dois materiais depois disso, como no carnaval, e há mais dois para serem lançados em setembro e novembro”, conta. “A ideia é que vídeos dialoguem com a criança, mostrando como ela pode agir preventivamente ou pedir ajuda, seja de um adulto de confiança ou de canais como o disque 100”.

E, de fato, os 8 vídeos conseguem dialogar com o público-alvo. Apropriam-se uma linguagem bastante acessível e são narrados por uma voz infantil. Utilizando desenhos animados, mostram de forma lúdica situações sérias, como alguém estranho que oferece uma carona, que pede para tirar fotos de crianças sem roupa ou mesmo tocar partes íntimas. Também ensinam às crianças que determinadas partes do corpo – “aquelas que ficam cobertas por calcinhas, sutiãs e cuecas” – devem ser protegidas e que não é seguro postar fotos na internet. Tudo isso é ilustrado pelo Time da Defesa, que combate o Time do Ataque (em uma alusão aos times de futebol).

Para alcançar o público-alvo, os vídeos foram disponibilizados na internet e são exibidos em sessões infantis do cinema FTD Digital Arena, que fica dentro da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR). “Além disso, temos instituições parceiras que exibem os vídeos em atividades pedagógicas com as crianças”, explica Gallon.  

Com alcance nacional e prestes a completar um ano, a campanha já rendeu frutos dos quais se orgulhar: cerca de 30 instituições em todo o Brasil aderiram fazendo a divulgação; 4 mil crianças participaram das atividades pedagógicas em 45 CRAS (Centros de Referência em Assistência Social) e quase 8 mil assistiram aos vídeos nos intervalos do cinema.  

Combate ao Abuso e Exploração Sexual  

O oitavo vídeo da campanha já está na internet, mas vai ser oficialmente lançado no dia 18 de maio, Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. O lançamento será durante o X Seminário Municipal de Enfrentamento ao Abuso e Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes, que está sendo organizado pela Fundação de Ação Social (FAS) e terá como mote a reflexão acerca de Lei Menino Bernardo, que ganhou este nome em homenagem ao menino assassinado no Rio Grande do Sul pela madrasta em 2014. A lei nº 13.010 estabelece limites para o uso de castigos físicos na educação de crianças e adolescentes. Além disso, será assinado um termo em que as escolas particulares se comprometem a notificar e encaminhar casos de abuso sexual. “Antes as escolas não tinham esta obrigação, por isso a assinatura do termo é mais um avanço”, comemora o coordenador da campanha Defenda-se.

Tour Social

A FAS também está organizando um passeio na segunda-feira pela manhã para visitar diversos locais de atenção à infância e juventude. O Projeto Conhecer disponibilizará uma jardineira para levar a população a hospitais, escolas, CREAS (Centro de Referência Especializado em Assistência Social), CRAS e demais equipamentos de atenção à criança e ao adolescente. O objetivo é divulgar as ações do município e contribuir para a redução da violência, especialmente a sexual. Ainda há vagas para quem quer participar do tour, que sai às 9h da praça Oswaldo Cruz e retorna às 12h para o mesmo local. 

Saiba mais

Por que o dia 18 de maio é o Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes?

Veja aqui o oitavo vídeo da campanha Defenda-se


Serviço

X Seminário Municipal de Enfrentamento ao Abuso e Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes

Quando: 18/05, das 8h às 14h

Onde: Salão de Atos do Parque Barigui

Inscrição pelo e-mail desenvolvimentoprofissionalfas@fas.curitiba.pr.gov.br, indicando nome completo, RG, CPF, telefone e local de trabalho (até o fechamento da matéria restava apenas uma vaga)

Projeto Conhecer

Quando: 18/05, das 9h às 12h

Onde: Praça Oswaldo Cruz (saída)

Inscrição pelo e-mail mediacomplexidade@fas.curitiba.pr.gov.br, com nome, profissão, justificativa de interesse, endereço, telefone e RG. 

Rolar para cima