Notícia

Prevenção da Autolesão, do Suicídio e Posvenção: participe da pesquisa do Crepop

Atualização: o prazo foi prorrogado até 31 de outubro de 2021.

Termina no próximo dia 24 de setembro o prazo para participar da pesquisa sobre a atuação de Psicólogas(os) na política pública de prevenção da autolesão e do suicídio, e posvenção, realizada pelo Conselho Federal de Psicologia (CFP) por meio do Centro de Referência Técnica em Psicologia e Políticas Públicas (Crepop).

Há duas formas para participar: por meio do questionário online, composto por questões abertas e fechadas, e nas entrevistas por videoconferências que serão realizadas pelo CRP-PR. As informações coletadas vão subsidiar a elaboração de uma futura Referência Técnica sobre o tema.

A participação é voluntária e aberta a profissionais de todo o país que atuem na área; dados pessoais ou quaisquer informações que possam gerar identificação não serão disponibilizados em hipótese alguma, assegurando a confidencialidade, o sigilo e a privacidade daquelas(es) que fizerem parte da pesquisa.

Um ato político

Participar das pesquisas propostas pelo Crepop é uma importante contribuição para garantir a autonomia do exercício profissional e a adoção de estratégias qualificadas para cada área. Segundo o Assessor Técnico de Pesquisas do CRP-PR, Psicólogo Altieres Edemar Frei (CRP-08/20211), esta construção coletiva é um ato político.

"Para conseguirmos construir essas referências técnicas em nível nacional, é muito importante que Psicólogas e Psicólogos do Paraná se manifestem, que consigamos ouvir sobre a realidade de quem trabalha com a temática junto aos mais diversos públicos: povos indígenas e quilombolas, mulheres, população LGBTIA+, além de municípios de pequeno porte ou rurais, segmentos da RAPS, do sistema prisional, da educação básica, entre outros setores. Desta forma poderemos avançar de forma qualificada e contínua no tema para além das campanhas do Setembro Amarelo," destaca o profissional.