Notícia

Nova gestão toma posse no CRP-PR

No dia 27/09/2013, os membros da gestão “É tempo de diálogo”, que deverá gerir o CRP-PR dos anos de 2013 a 2016, tomaram posse de seus cargos. Além das(os) Psicólogas(os), amigos e familiares, estiveram presentes na cerimônia, que aconteceu na sede do CRP-PR, em Curitiba, representantes de importantes entidades nacionais e regionais¹. O auditório Nélio Pereira da Silva ficou lotado e o evento foi transmitido ao vivo na Plenária para que todos os presentes pudessem acompanhar.

Durante as falas que foram realizadas no evento, a conselheira Presidente Cleia Oliveira Cunha (CRP-08/00477) e o conselheiro vice-presidente Guilherme Bertassoni da Silva (CRP-08/10536) reforçaram as propostas de gestão feitas em campanha, defendendo a integração e o diálogo com Psicólogas e Psicólogos, em defesa dos interesses dos profissionais e da ciência, destacando que a aproximação com os profissionais é de grande interesse da gestão, que tem como base a força do coletivo.

As atividades dos novos conselheiros já começaram e, desde a posse, duas reuniões plenárias já foram realizadas. “Entendemos que este primeiro momento requer, como em qualquer gestão responsável, verificar as questões administrativo-financeiras e todos os procedimentos técnicos que se encontram em andamento”, afirma  a Presidente, explicando ainda que a atual gestão, embora tenha sido chapa opositora, não tem a intenção de negar os projetos e ações que estavam sendo desenvolvidos pela gestão anterior, o que, a seu ver, seria desprezar o que foi produzido pelos próprios Psicólogos. “Pensamos diferente. Nossa ideia é valorizar o debate, manter uma postura participativa e orientadora”.

Assim, como próximos passos, pretendem se comunicar diretamente com instituições das mais diversas áreas de atuação da Psicologia e, por meio de conversas e trocas de informações, delinear as novas ações que constituirão parte da gestão atual.

Os conselheiros estão também se organizando para consolidar o planejamento estratégico que guiará as linhas políticas e práticas do CRP-PR nos próximos três anos. O vice-presidente destaca que, além de cumprir com as funções previstas em lei para o Conselho Regional (mantendo a ênfase de suas atividades na orientação aos Psicólogos no que diz respeito à prática profissional e acadêmica), o intuito é “servir como referência para a categoria, para gestores e para a sociedade, abrindo e mantendo canais de diálogo permanentes”. E lista algumas das estratégias pensadas para que isso aconteça com eficiência:

·         Implementar parcerias do Conselho com as instituições formadoras. 

·         Criar espaços para qualificar a atuação da(o) Psicóloga(o) no controle social. 

·         Criar espaços para qualificar a atuação da(o) Psicóloga(o) em políticas públicas. 

·         Estimular o empreendedorismo da(o) Psicóloga(o) paranaense. 

·         Priorizar ações de orientação que favoreçam a qualificação profissional, tanto das perspectivas ética e técnica. 

·         Promover ações e espaços que facilitem a interação da gestão do Conselho com a categoria.   

·         Construir referências de qualificação para o exercício profissional e o diálogo com a sociedade e com o estado. 

·         Viabilizar a aproximação entre Psicólogas(os) recém-formadas(os) e experientes.

·         Reestruturar estratégias de ação no que se refere à orientação e fiscalização.

Os atuais conselheiros estão agora se integrando do funcionamento do Conselho Regional e se articulando para verificar as demandas da capital e do interior do estado, para que, tendo esse conhecimento mais apurado, possam dar consistência aos projetos e ações que deverão executar durante a gestão, de forma planejada e estruturada, visando alcançar seus objetivos de fortalecimento para a Psicologia como um todo.

Veja fotos da cerimônia de posso ocorrida no dia 27/09/2013, clique Aqui.


¹Entre os presentes, recebemos os representantes das seguintes instituições: Associação Brasileira de Ensino de Psicologia (ABEP), Centro de Referência Especializado de Assistência Social do Paraná (CREASS-PR), Conselho Estadual de Assistência Social do Paraná (CEAS-PR),  Conselho Estadual de Saúde do Paraná (CES-PR),  Conselho Federal de Psicologia (CFP), Conselho Regional de Farmácia do Paraná (CRF-PR); Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional do Paraná (CREFITO-PR), Conselho Regional de Serviço Social do Paraná (CRESS-PR), Corpo de Psicólogos e Psiquiatras Cristãos (CPPC), Faculdades Pequeno Príncipe (UPP), Federação Nacional dos Psicólogos (Fenapsi), Fundação de Ação Social (FAS), Ordem dos Advogados do Brasil – Seção do Paraná (OAB-PR),  Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR), Secretaria de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos (SEJCDH), Secretaria Municipal de Saúde (SMS), Sindicato dos Peritos Oficiais e Auxiliares do Paraná (Sinpoapar); Sindicato dos Psicólogos no Estado do Paraná (Sindypsi-PR), Universidade Federal do Paraná (UFPR), Universidade Tuiuti do Paraná (UTP).

Rolar para cima