Notícia

Nota Técnica do CRP-PR orienta atuação de Psicólogas(os) nas Políticas Públicas durante pandemia

Desde a declaração da pandemia do Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, as medidas de isolamento e distanciamento social se tornaram importantes no combate à disseminação do vírus entre as pessoas. Nos equipamentos de assistência social e saúde (SUS e SUAS), as alterações geraram dúvidas sobre as possibilidades de transferir o atendimento para as modalidades online.

 

Para auxiliar neste momento de incertezas e profundas alterações na rotina, o Conselho Regional de Psicologia do Paraná (CRP-PR) elaborou a Nota Técnica nº 002/2020, que traz reflexões sobre o trabalho das equipes no SUS e no SUAS e propõe alguns encaminhamentos, sempre salientando a importância da autonomia e responsabilidade profissional da(o) Psicóloga(o). Além disso, o documento traz ponderações importantes sobre as populações mais vulnerabilizadas tanto pelo Covid-19 quanto pelas relações sociais estruturalmente desiguais, reforçando o “preceito constitucional que faz das Políticas de Assistência Social e da Saúde ‘um direito de todas(os), um dever do Estado’”.

 

A NT é finalizada destacando a importância do distanciamento social como única forma de barrar a pandemia: “Entendemos que, enquanto sociedade, cabe nosso empenho e mobilização para que a dimensão do “dever do Estado” considere de forma séria as evidências científicas divulgadas pela Organização Mundial de Saúde e demais órgãos sanitários sobre a importância do isolamento social como uma das únicas estratégias conhecidas até o momento para minimização dos impactos na curva de contágio do novo coronavírus, de função exponencial e progressão geométrica: além de uma questão de bom senso, de sensibilidade e da defesa intransigente dos Direitos Humanos, tratam-se de evidências estatísticas e epidemiológicas”.

Rolar para cima