Notícia

Nota de pesar pelo falecimento de Márcio Marins

O Conselho Regional de Psicologia do Paraná (CRP-PR) lamenta profundamente o falecimento de Márcio Marins, ocorrido nesta sexta-feira (24). Márcio era ativista pelos direitos LGBTI havia 30 anos. Atuou no Grupo Atobá, no Rio de Janeiro, antes de se mudar para Curitiba em 2005 e passar a integrar a Associação Paranaense da Parada da Diversidade. Por muitos anos esteve à frente da organização da Parada na capital paranaense.

 

Além disso, fundou o Dom da Terra AfroLGBTI, foi integrante do Fórum de Religiões de Matrizes Africanas de Curitiba e Região Metropolitana e atuava na Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Intersexos, além de ser atuante no Conselho Permanente dos Direitos Humanos do Estado do Paraná. Márcio também foi um reconhecido carnavalesco em Curitiba, à frente de blocos e escolas de samba da capital.

 

A conselheira presidente do CRP-PR, Psicóloga Célia Mazza de Souza (CRP-08/02052), era amiga de Márcio havia muitos anos. Ela conta que Márcio foi grande parceiro na causa LGBTI e escreveu algumas palavras em homenagem ao amigo:

Márcio Marins…

Amigo, como poucos;

Parceiro das boas e difíceis lutas…

Aquelas que envolvem identidade; afetos; amores; dissabores…

Lutas de defesa à integridade física e emocional!

Contra o preconceito odioso e que traz desarmonia e violência, muitas vezes o corpo agredido precisou ser exposto e periciado. E mais uma vez, invadido e agredido.

Luta contra doenças e contra a medicação que destrói mais que a própria causa original do adoecimento…

Luta para não haver esquecimento das lutas e da pessoa sincera, franca, maravilhosa que você foi, Márcio Marins!

Que suas crenças e dos seus sejam alento… que haja um amanhã, melhor do que hoje!

Gratidão pela sua existência! Não esqueceremos!

O CRP-PR reitera a solidariedade a amigos e familiares e deseja força aos movimentos sociais para continuarem a luta tão cara a Márcio Marins.

Diante do momento que vivemos, não haverá velório e o local do sepultamento ainda não foi definido.

Rolar para cima