Notícia

Fórum Paranaense de Resgate da Verdade, Memória e Justiça discute a Operação Condor

Nos dias 01 e 02 de setembro, Curitiba recebe o Fórum Paranaense de Resgate da Verdade, Memória e Justiça, no Teatro da Reitoria da Universidade Federal do Paraná (UFPR). O evento faz parte da agenda da Comissão Nacional da Verdade, que tem por objetivo investigar casos de violação dos Direitos Humanos ocorridos entre 1946 e 1988.

A cerimônia de abertura contou com as palavras de Martin Almada, laureado com o Prêmio Nobel Alternativo da Paz em 2002. Almada falou sobre a Operação Condor, que fez mais de 100 mil vítimas, entre elas estudantes, jornalistas, religiosos e professores, em uma época que vinha à cena intelectual nomes como Paulo Freire e Ivan Illich.

Na ocasião do evento, foram distribuídos gratuitamente aos participantes três publicações. A primeira é De la memoria a la acción: conjunto de herramientas para la memoria en sociedades posconflicto, de Eresh nee Naidu, Bix Gabriel e Mofidul Hoque, que busca explicar ao leitor as ferramentas disponíveis e como utilizá-las para recuperar a memória dos fatos.

Quem esteve no evento também pode pegar um exemplar gratuito da obra Caravanas da anistia: O Brasil pede perdão. A organização do livro foi de Maria José H. Coelho e Vera Rotta, e permite ao leitor uma profunda incursão na história de presos e exilados políticos da ditadura militar (1964 – 1984), que receberam recentemente sua anistia.

Por fim, o Livro dos Votos da Comissão de Anistia: verdade e reparação aos perseguidos políticos no Brasil, organizado pelas mesmas autoras, traz os relatórios dos processos de anistia política.

O evento segue hoje com palestras de Jair Krischke, Ana Juanche, Jana Karen Silverman e Ivete Caribé da Rocha.

Mais informações pelo e-mail forumverdade@ufpr.br, pelo site www.forumverdade.ufpr.br ou pelo telefone (41) 8884-0252. 

Rolar para cima