Roda de Conversa | Atendimento bilíngue: Antes e depois da Lei de Libras -10.436/02

30
Sep
19h
00
Online
Zoom

Informações

Neste mês, em celebração ao dia 26 de setembro, comemora-se a luta da comunidade surda no país. Um dos avanços conquistados pela mobilização desta população foi a previsão de garantia de atendimento a pessoas surdas, em diferentes contextos, por profissionais capacitados para o uso de Libras ou para sua tradução e interpretação — garantida pela Lei Federal nº 10.436, de 24 de abril de 2002. A lei reconheceu a Língua Brasileira de Sinais (Libras) oficialmente como meio legal de comunicação e expressão no país e a regulamentou pelo Decreto 5.626/2005.

Contudo, mesmo em um ambiente de conquistas no campo legislativo, no contexto dos atendimentos psicológicos ainda é um desafio para as pessoas surdas encontrarem profissionais capacitados em Libras. As(Os) surdas(os) em busca de acompanhamento psicológico esbarram, muitas vezes, na falta de fluência e de entendimento da cultura surda por parte de profissionais da Psicologia — uma barreira para o acesso desta população aos serviços de Psicólogas(os).

Com o objetivo promover a discussão sobre o atendimento bilíngue à população surda e difundir informações que possam contribuir para a inclusão e acessibilidade das pessoas com deficiência em atendimentos psicológicos, o Núcleo de Pessoas com Deficiência da Comissão de Direitos Humanos convida Psicólogas(os) e estudantes de Psicologia para a Roda de Conversa “Atendimento bilíngue: Antes e depois da Lei de Libras -10.436/02“.

O encontro acontece em 30 de setembro, 19h, pelo Zoom e contará com a presença da seguinte convidada:

Rita de Cássia Maestri: Mestre em Educação pela Universidade Federal do Paraná-UFPR (2014). Possui graduação em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (1984) e graduação em Licenciatura em Letras Libras pela Universidade Federal de Santa Catarina (2011). Trabalhou na Clínica de Psicologia e Consultoria LIBRAS. Atualmente trabalha na Universidade Tecnológica do Paraná (UTFPR) como professora de Libras, desde 2014, atuando principalmente nas áreas: educação de surdos e pessoa com deficiência, Libras, cultura surda. Atualmente, faz parte do projeto de pesquisa: Alfabetização bilíngue (Libras-Português) de estudantes surdos: Método Letrônico.

As vagas são limitadas à capacidade da plataforma; o link do evento será enviado por e-mail às(aos) inscritas(os). A reunião contará com intérprete de Libras!

Inscreva abaixo até meio-dia de 29/09!

Serviço:

Data: 30/09/2021

Horário: 19h

Plataforma: Zoom

Inscrições abaixo!

Inscrições encerradas!