O papel da(o) Psicóloga(o) no enfrentamento à violência contra a mulher

29
Nov
19h
00
Guarapuava
Faculdades Guairacá
Rua XV de Novembro, 7050, Centro

Informações

Em 2013, de acordo com o Mapa da Violência, quase cinco mil mulheres foram assassinadas no Brasil, representando um aumento de quase 21% nos casos de feminicídio – assassinato de mulheres por questões relacionadas ao gênero – em uma década. Além disso, apenas no primeiro semestre de 2018 a Central de Atendimento à Mulher em Situação de Violência (ligue 180) registrou quase 73 mil denúncias, segundo o Ministério dos Direitos Humanos.

As(Os) Psicólogas(os) figuram como grandes aliadas(os) no combate à violência contra a mulher – que também pode ser verbal ou psicológica –, e a promoção de espaços de debate são fundamentais para o fortalecimento desta atuação.

Este evento reunirá especialistas em torno desta temática e proporcionará a troca de experiências a partir de uma concepção crítica de atuação na rede de enfrentamento.

Inscrições gratuitas:

Programação completa:

29 de novembro

19h – Abertura

19h15 – Mesa-redonda | O papel da(o) profissional da Psicologia no enfrentamento à violência contra a mulher

  • Carine Suder Fernandes (CRP-08/11346): Psicóloga do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS);
  • Rafaela Mezzomo (CRP-08/15360): representante do movimento feminista Claudia da Silva;
  • Camila Grande da Silva (CRP-08/14265): Psicóloga do Centro de Referência de Atendimento à Mulher em situação de Violência (CRAM).

21h30 – Encerramento

Rolar para cima