Live | Psicologia de todas as cores: despatologização e interdisciplinaridade

20
Aug
19h
00
Online
YouTube e Facebook

Informações

Para Psicólogas e Psicólogos paranaenses, o mês de agosto é especial. A espera até o dia 27 – que lembra a regulamentação da Psicologia em 1962 e, desde 2016, é oficialmente o Dia da(o) Psicóloga(o) – é preenchida com debates, discussões e conteúdos sobre a Psicologia como ciência e profissão.

Neste ano, o Conselho Regional de Psicologia do Paraná (CRP-PR) traz a campanha Psicologia de Todas as Cores, com o objetivo de promover reflexões sobre temas que atravessam a ciência, a formação e a prática profissional em Psicologia.

Após a publicação de uma reportagem especial na Revista Contato (edição julho/agosto), as(os) profissionais que colaboraram para a publicação se encontrarão em duas lives especiais.

Psicologia de todas as cores: despatologização e interdisciplinaridade | 20 de Agosto, 19h

Reconhecer as diferenças e peculiaridades das vivências humanas é pensar em uma Psicologia diversa em seus métodos e práticas. Para isso, é necessário que a Psicologia se atualize constantemente e se abra a outras áreas do conhecimento para avançar em novas epistemologias — sempre com respeito à ética e ao cuidado com a saúde.

A despatologização e a interdisciplinaridade são os temas da segunda live em alusão ao Dia da(o) Psicóloga(o). O debate acontece em 20 agosto, às 19h, pelas redes sociais do CRP-PR (Youtube, Facebook) e contará com as(os) seguintes convidadas(os):

Larissa Schelbauer (CRP-08/19051) | Psicóloga com especialização em saúde mental e em formação da personalidade na psicologia analítica de Carl Gustav Jung. Mestranda em Políticas Públicas e Desenvolvimento na Universidade Federal da Integração Latino-Americana (UNILA), representante do CRP-PR no Conselho Municipal sobre Drogas de Foz do Iguaçu (COMUD) e na Câmara Técnica de Atenção Psicossocial do Município. Servidora pública, trabalhadora da política de Assistência Social com experiência na Proteção Social Especial de Média e Alta complexidade, e integrante da Comissão de Psicologia na Assistência Social de Foz do Iguaçu (CPAS), vinculada ao CRP-PR;

Marcos Vinícius Barszcz (CRP08/17680) | Psicólogo clínico desde 2012, mestre em Ciências Sociais Aplicadas pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), especialista em Psicopedagogia pela Universidade Tuiuti do Paraná (UTP), professor do departamento de Psicologia da Faculdade Santana e do departamento de Pedagogia da Faculdade Sagrada Família, ambas em Ponta Grossa. Atuou em espaços diversificados no campo das políticas públicas de assistência social, dentre eles, acolhimento institucional infantil, serviço de convivência e fortalecimento de vínculos para crianças e adolescentes, bem como na pioneira ONG HIV/AIDS pontagrossense, a Associação Reviver. Também atuou em conselhos de políticas públicas, tendo ocupado a vice presidência do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e da(o) Adolescente de Ponta Grossa;

Fábio Eduardo da Silva (CRP-08/13866) | graduado em Psicologia pela Universidade Tuiuti do Paraná (2006), especialista em Magistério Superior (2006) e Neuropsicologia pelo Instituto Brasileiro de Pós-Graduação e Extensão (2007), mestre e doutor em Psicologia pela Universidade de São Paulo (USP) (2009, 2014). Membro do Inter Psi – Laboratório de Estudos Psicossociais: crença, subjetividade, cultura & saúde da USP. Fundador e conselheiro do Instituto Neuropsi. Atua com pesquisa, docência e cursos de desenvolvimento humano. Áreas de interesse/atuação: neuroeducação, neuroliderança, habilidades socioemocionais e felicidade, mindfulness e experiências anômalas/intuição.

Live 2

Data: 20/08/2021
Horário: 19h
Plataformas: YouTube e Facebook (atenção: excepcionalmente nesta data não haverá transmissão via Twitter)

Psicologia de todas as cores: racismo, migração e sexualidade | 09 de Agosto, 19h

Confira a primeira transmissão da campanha, que abordou os temas do racismo, migração e diversidade sexual e de gênero. Os temas se inter-relacionam na medida em que a Psicologia, assim como todas as áreas do conhecimento, atualiza-se em métodos e abordagens de acordo com as demandas da sociedade. Baseada em princípios do Código de Ética e demais legislações, é dever da Psicologia reconhecer diferentes vivências e despatologizá-las, promovendo direitos humanos e saúde a todas as pessoas. Neste contexto, torna-se fundamental debater as discriminações que afetam determinados grupo com bases étnico-raciais, de origem e sexualidade, de modo a não reproduzi-las em seu ofício.

Convidadas(os)

Sirlene de França de Souza (CRP-08/23837) | Psicóloga social e clínica comprometida com a saúde mental da população negra e pessoas LGBTQIA+, especialista em Psicoterapia cognitivo-comportamental e análise do comportamento, e representante do CRP-PR no Conselho Estadual de Promoção da Igualdade Racial do Paraná (Consepir);

Isabela Cim Fabricio de Melo (CRP-08/30839) | Graduada em Psicologia pela UFPR e mestranda em Estudos Literários na mesma universidade, trabalha com a psicanálise na clínica, além de atuar como coordenadora do Núcleo de Psicologia e Migrações (NUPSIM) do CRP-PR em um esforço de articular a ética da psicanálise com o os Direitos Humanos. Atua com a intersecção entre Psicologia e Migrações há 5 anos, tendo participado do Projeto Movimentos Migratórios e Psicologia da UFPR;

Luana Lubke de Oliveira (CRP-08/31102) | coordenadora do Núcleo de Psicologia e Migrações (NUPSIM) do CRP-PR, Graduada em Psicologia pela Universidade Federal do Paraná. Atualmente é estudante de pós-graduação em Gestão Pública na Universidade Estadual de Ponta Grossa e residente técnica no Departamento de Assistência Social do estado do Paraná;

Ronaldo Adriano Alves dos Santos (CRP-08/17591) | Psicólogo, Mestre em Psicologia e Sociedade pela UNESP, especialista em Filosofia Política e do Direito, pesquisador em sexualidade e gênero e professor do Curso de Psicologia da PUCPR, Campus Toledo.