Notícia

Em defesa dos direitos dos trabalhadores, CRP-PR adere à Greve Geral no dia 28

Manifestação de Curitiba durante a Greve Geral do dia 15 de março. Foto: Vinicius Torresan

 

O Conselho Regional de Psicologia do Paraná (CRP-PR) decidiu hoje (26) aderir à Greve Geral dos trabalhadores que ocorrerá na sexta-feira, dia 28 de abril. O objetivo da greve é protestar contra projetos que ameaçam direitos historicamente conquistados pelos trabalhadores: a Lei da Terceirização ampla das atividades-fim, barateando a mão-de-obra e colocando em risco as relações de trabalho; a reforma trabalhista que propõe alterações na CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas) com mudanças em férias, 13º salário, horário de almoço, etc.; e a Reforma da Previdência Social, que aumenta o tempo de contribuição para a aposentadoria integral.

Em consonância com a luta histórica da Psicologia por Políticas Públicas que promovam uma vida com dignidade e cidadania para toda a sociedade, o CRP-PR se solidariza com a reivindicação dos trabalhadores; portanto, entende que a paralização é importante no sentido de manter o direito ao trabalho digno e à proteção social aos idosos.

 

O atendimento ao público na sede e nas subsedes estará suspenso, portanto, durante todo o dia 28 de abril, voltando ao normal depois do feriado, no dia 02 de maio (terça-feira).

 

O Sindicato dos Psicólogos do Paraná (Sindypsi) está convocando todas(os) as(os) Psicólogas(os) a participar da paralização. Leia mais clicando aqui.

Rolar para cima