Notícia

Dia Nacional da Luta Antimanicomial é lembrado com passeata no Paraná

O dia 18 de maio é o Dia Nacional da Luta Antimanicomial. Lembrado em todo o país pelas grandes lutas e conquistas do Movimento Antimanicomial, traz a reflexão pelos avanços conquistados até hoje, mas, acima de tudo, pelo o que ainda precisa ser feito pela saúde mental. Em alusão à data, o movimento “Um Passo à Frente” – coletivo que luta pela Reforma Psiquiátrica brasileira –, promoverá uma passeata com o lema “Nenhum passo atrás”. O grupo se reúne amanhã (18), às 9h, na Boca Maldita, região central de Curitiba.  

Em Maringá também há programação para esta quarta-feira (18). Manifestantes sairão em marcha às 9h da Praça Napoleão Moreira da Silva em movimento encabeçado pelo Centro Acadêmico de Psicologia da Universidade Estadual de Maringá.  

O que é a Luta Antimanicomial?

A Luta Antimanicomial é caracterizada pela defesa a favor dos direitos das pessoas que sofrem de transtornos mentais. O Movimento Antimanicomial combate a ideia do isolamento e defende a liberdade do indivíduo. A Reforma Psiquiátrica implementou o tratamento humanizado acreditando que, como cidadãos, todos têm direito a viver em sociedade, além de receber um tratamento digno e em liberdade.

Uma das grandes conquistas do movimento aconteceu em 2001, com a lei n° 10.216, que dispõe sobre a proteção e os direitos das pessoas que possuem transtornos mentais e redireciona o modelo assistencial de saúde mental. A partir disso, como resultado dessa lei, há muitas portarias que regulamentam a criação de serviços e garantem a atenção e inclusão social das pessoas com transtornos mentais.

Com a Reforma Psiquiátrica no Brasil e a luta de muitas pessoas, o modelo de assistência à saúde mental tem se modificado no país. Dados do Ministério da Saúde indicam que, de 2010 a 2014, houve uma redução de 17% do total de hospitais especializados em psiquiatria pelo Sistema Único de Saúde (SUS), e o tratamento passou a ser feito pela Rede de Atenção Psicossocial (RAPS) – para saber mais sobre estes dados, acesse a revista Contato de maio/junho de 2016. Com o lema “Nenhum passo atrás, manicômios nunca mais”, a luta continua!

Leia mais

Revista Contato Ed. 105 – “Manicômios nunca mais”

Nota de Resistência da Luta Antimanicomial Brasileira

Revista Contato Ed. 70 – “A Lei da Reforma Psiquiátrica”

Revista Contato Ed. 71 – “Saúde Mental: a estrutura no modelo substitutivo ao hospitalocêntrico”

Rolar para cima