Notícia

15 de Outubro – Dia das Professoras e Professores

Celebrar o dia 15 de outubro em homenagem a docentes é reivindicar um projeto de educação libertadora, que desenvolva a autonomia dos sujeitos e permita a esperança em dias melhores para todas as pessoas.

As escolas e demais instituições de ensino devem ser reconhecidas como importantes espaços sociais de interação, trocas e estimulação, cuja imprescindibilidade foi ressaltada no contexto da pandemia, e as professoras e professores têm papel fundamental para que cumpram sua função no desenvolvimento humano.

Nesse sentido, verifica-se que o trabalho docente vai muito além da promoção de memorização de conteúdos. Não se trata de um exercício de transmissão de conhecimentos de forma bancária, automatizada. Como aponta Paulo Freire, em Pedagogia da Autonomia (1996), é um trabalho que exige rigorosidade metódica, pesquisa, criticidade, disponibilidade ao diálogo e querer bem às educandas e educandos. “Como experiência especificamente humana, a educação é uma forma de intervenção no mundo” e assim precisa ser reconhecida, afirma o autor (FREIRE, 1996, p. 96). Deste modo, parabenizamos as(os) Professoras e Professores por seus esforços na promoção de transformação social.

Para que esta tarefa se materialize, são indispensáveis as condições objetivas de trabalho, a devida e concreta valorização das(os) profissionais da educação, os investimentos públicos na rede básica e no ensino superior, com recursos para pesquisa, extensão e permanência estudantil. Por isso são inadmissíveis os cortes orçamentários, que inviabilizam a atividade docente, a educação de qualidade e o desenvolvimento científico.

As Psicólogas e Psicólogos também compõem as equipes educacionais e se unem às Professoras e Professoras na luta pela educação com qualidade e compromisso social. Para tanto, o Sistema Conselhos se Psicologia segue mobilizado para a efetivação da legislação que institui a presença destas(es) profissionais na rede pública de ensino.