Notícia

CRP-PR repudia e acompanhará apuração de fala higienista contra a população em situação de rua

O Núcleo de População em Situação de Rua do Conselho Regional de Psicologia do Paraná (CRP-PR) manifesta total repúdio ao áudio higienista e aporofóbico, divulgado na última quarta-feira, 23/08/2023, pelo Jornal Plural.

A fala, atribuída à senhora Maria Alice Erthal, presidenta da Fundação de Ação Social de Curitiba (FAS), sugere a retirada ilegal das pessoas em situação de rua dos seus locais de referência, bem como que sua equipe realize as abordagens juntamente com a Guarda Municipal, complementando que “está na hora de eles (pessoas em situação de rua) começarem a ficar com um pouquinho de medo”.

Essa fala nos trouxe grande preocupação, uma vez que o Sistema Conselhos de Psicologia atua pela defesa intransigente dos direitos humanos, sendo que a violação desses direitos é, também, uma violação do primeiro princípio fundamental do Código de Ética Profissional do Psicólogo. Assim, exigimos que as autoridades competentes apurem a autoria da fala e tomem as medidas cabíveis.

Esse tipo de postura não condiz com o que se espera de uma pessoa que representa o poder público ou a assistência social, e que deveria atuar na promoção dos direitos humanos, na emancipação de pessoas que se encontram vulnerabilizadas. Acompanharemos o caso! BASTA DE VIOLÊNCIA!

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies.