Notícia

CRP-PR participa de reedição da Carta de Bauru

O Conselho Regional de Psicologia do Paraná (CRP-PR) participou, nos últimos dias 08 e 09 de dezembro, do encontro comemorativo aos 30 anos da Carta de Bauru, marco do início da Luta Antimanicomial. Segundo a Psicóloga Vanessa Tauscheck (CRP-08/17572), que representou o CRP-PR em Bauru, as discussões sobre a Luta Antimanicomial na atualidade foram pautadas nos retrocessos na Política Nacional de Saúde Mental.

 

Leia também: CRP-PR se posiciona contrário à nova Política Nacional de Saúde Mental e sobre o dimensionamento dos CAPS em Curitiba

 

“Foi um encontro de grande resistência, em um momento importante para criar novas articulações. Na mesma semana do encontro o Coordenador de Saúde Mental, Álcool e Outras Drogas do Ministério da Saúde, Quirino Cordeiro Junior, anunciou propostas de mudanças que vão contra a política antimanicomial. Assim, foi um espaço para juntar usuários, trabalhadores, estudantes e militantes de diferentes movimentos e pensar em estratégias para enfrentar as propostas de mudanças”, afirmou a Psicóloga, que coordena o Núcleo de Políticas sobre Drogas da Comissão de Direitos Humanos do CRP-PR em Curitiba.

Um dos principais encaminhamentos foi a reedição da Carta de Bauru, 30 anos depois, alinhada com a realidade atual. O novo texto leva em consideração os desafios da infância e juventude e reafirma a importância de lutarmos por uma Saúde Mental humanizada e por direitos sociais, em um momento de grandes retrocessos em todas as áreas.

 

Confira a íntegra da carta clicando aqui.

Rolar para cima