Notícia

CRP-PR participa de Audiência Pública e defende pluralidade na educação

O Conselho Regional de Psicologia do Paraná (CRP-PR) esteve na Audiência Pública convocada pela Câmara Municipal de Ponta Grossa no último sábado (09), que levantou o debate sobre a suposta “ideologia de gênero”. A Psicóloga Roberta Baccarim (CRP-08/14434), colaboradora da Comissão de Direitos Humanos do CRP-PR, defendeu a pluralidade na educação, quando abriu-se espaço para participação do público. Com base na nota “CRP-PR apoia a diversidade e a pluralidade nas escolas“, publicada recentemente pela autarquia, a Psicóloga defendeu os Direitos Humanos de mulheres e LGBTI, ameaçados com o cerceamento de discussão sobre gênero e sexualidades no conjunto da sociedade.

Além da representante do CRP-PR, havia um grupo de pessoas, entidades e movimentos sociais em defesa da pluralidade e da diversidade; no entanto, seu tempo de arguição foi muito inferior dos defensores da suposta existência de uma “ideologia de gênero”.

Na sexta-feira passada (08), CRP-PR notificou a Defensoria Pública do Estado do Paraná, Secretaria de Justiça, Trabalho e Direitos Humanos do Paraná e Ministério Público do Paraná para que tomassem conhecimento de seu posicionamento contrário a projetos e iniciativas parlamentares “Escola sem Partido”, balizado com seu compromisso de construção do conhecimento pautado num contexto de diversidades individuais e culturais e livre de ideologias autoritárias.

Rolar para cima