CRP-PR manifesta pesar pela morte da ativista Maria Lucia Santos Pereira

O Conselho Regional de Psicologia do Paraná (CRP-PR), por meio do Núcleo de População em Situação de Rua da Comissão de Direitos Humanos, expressa sua solidariedade aos amigos e familiares de Maria Lucia Santos Pereira, falecida no dia de hoje (25).

Maria Lucia foi uma reconhecida ativista do Movimento Nacional de População em Situação de Rua (MNPR), com projeção nacional e trabalho incansável em defesa das políticas públicas para as pessoas negras, usuárias de drogas, mulheres periféricas e em situação de rua.

Sempre aliada da Psicologia brasileira, Maria Lucia compartilhou a defesa de nossos princípios fundamentais do nosso Código de Ética Profissional do Psicólogo e dos Direitos Humanos. Muito generosa e acolhedora, tratava nossa profissão com respeito e defendia a necessidade da aproximação da categoria com o povo da rua para construção de uma Psicologia social e eticamente implicada.

O CRP-PR estende seus sentimentos de pesar também para os parceiros do MNPR Paraná, com quem Maria Lucia construiu, incansavelmente, a luta por dignidade e justiça social para todas e todos.