Notícia

CRP-PR e Sindicato terão conversa com clínicas e planos de saúde sobre a atuação da(o) Psicóloga(o)

Baixa remuneração das consultas psicológicas, número limitado de consultas para o atendimento, tempo insuficiente autorizado para cada consulta, submissão da Psicologia à liberação médica e burocracia para o credenciamento das(os) Psicólogas(os) são alguns dos problemas apontados por profissionais que atuam em clínicas credenciadas a planos de saúde. Estas questões foram levantadas durante um evento realizado no Conselho Regional de Psicologia do Paraná (CRP-PR) no último sábado (11) e serão encaminhadas em uma reunião com clínicas e planos de saúde. A iniciativa é do CRP-PR e do Sindicato dos Psicólogos (Sindypsi), que pretendem avançar na luta por melhores condições de trabalho ético e com autonomia para as(os) profissionais que atuam nesta área. 

Cerca de 20 profissionais se reuniram em evento promovido pelo CRP-PR em parceria com o Sindicato dos Psicólogos

Rolar para cima