Notícia

CRP-PR conquista vaga no Conselho Estadual dos Refugiados, Migrantes e Apátridas

O Conselho Regional de Psicologia do Paraná (CRP-PR) foi eleito para compor o Conselho Estadual dos Refugiados, Migrantes e Apátridas (CERMA) na gestão 2015/2018. A eleição das entidades não governamentais, que aconteceu na tarde de ontem (15), foi realizada pela Secretaria de Estado da Justiça e Direitos Humanos (SEJU). Além do CRP-PR, farão parte do CERMA as seguintes instituições:

· Associação de Reflexão e Ação Social – ARAS/Cáritas Maringá;

· Associação para a Solidariedade dos Haitianos no Brasil – ASHBRA;

· Cáritas Arquidiocesana de Londrina;

· Centro de Acolhida ao Migrante (CEAMIG) – Pastoral do Migrante de Curitiba;

· Centro de Integração Afro-Brasileiro;

· Movimento dos Haitianos de Pato Branco – MHAPA;

· Serviço Pastoral dos Migrantes;

· Sociedade Beneficente Muçulmana – SBMP.

CERMA

Instituído pela lei 18.465/2015, o CERMA/Paraná é o primeiro do Brasil e tem como principal objetivo “viabilizar e auxiliar na implementação e fiscalização das políticas públicas voltadas aos direitos dos refugiados e migrantes, em todas as esferas da Administração Pública do Estado do Paraná, visando à garantia da promoção e proteção dos direitos dos refugiados, migrantes e apátridas”.

O Conselho é considerado um avanço importante na luta por uma sociedade mais justa e solidária, aproximando diferentes entidades governamentais e não governamentais para a defesa dos direitos dos migrantes, refugiados e apátridas. A união das forças políticas e de trabalho na área em um país construído com base nas migrações possibilita a integração de diferentes culturas com dignidade e paz. 

Leia também

Mesa sobre desafios da Psicologia, Lançamento do NUPSIM e Dialogando com Psicólogas(os) marcam aniversário da profissão

Rolar para cima