Notícia

Congresso de Psicologia do Esporte: “Análise crítica sobre o treinamento de crianças no esporte.”

“Análise crítica sobre o treinamento de crianças no esporte”, esse foi o tema de uma conferência realizada ontem (19) pela manhã, pelo Presidente de Honra da Sociedade Brasileira de Psicologia do Esporte (SOBRAPE) e da Sociedade Sulamericana de Psicologia do Esporte (SOSUPE), Psic. Dr. Benno Becker Junior, do Rio Grande do Sul.

        
Dr. Benno Becker Jr. durante a conferência.

Na conferência, que fez parte da programação do XIV Congresso Brasileiro e VII Congresso Internacional de Psicologia do Esporte,  Dr. Becker Jr. afirmou que, conforme pesquisas, “entre 50 e 66% das crianças tem um impulso fortíssimo para encerrar as suas carreiras esportivas, principalmente porque a prática do esporte não causa mais diversão a ela”.

O conferencista relacionou esse fato a uma atitude e conduta conhecida, cientificamente como Burnout, e fez referência ao pensamento de  Gold (1993), que relaciona essa atitude aoestresse extremo causado pela prática desportiva.  

Dr. Becker Jr. também afirmou que, conforme mostram estudos, as crianças tem a necessidade de realizar atividade física, mas que, em média, quando chegam aos 13 anos de idade, abandonam o exercício.

“Em alguns esportes, a carga de trabalho, e os abusos no treinamento, são muito fortes e as crianças podem apresentar ansiedade, depressão e baixo autoestima”, enfatizou o conferencista que fez referência a inserção, em competições de triatlon, nos Estados Unidos, de crianças a partir dos 3 anos de idade.  “Os estudos científicos comprovam que há limites humanos para atividade física”, enfatizou Becker Jr.

“O esporte tem que ser agradável, para a criança, não precisa ser tão rígido assim”, defendeu o conferencista.

          
A conferência foi no auditório Gergor Mendel, na PUCPR, em Curitiba

Rolar para cima