COF e colaboradoras(es) participam de encontro para debater a Resolução nº 006/2019

A Comissão de Orientação e Fiscalização (COF) do Conselho Regional de Psicologia do Paraná (CRP-PR) busca a constante atualização, como parte dos esforços para prestar um atendimento qualificado para a categoria e para a sociedade, previstos na Política de Orientação e Fiscalização. Neste sentido, a equipe de cinco orientadoras fiscais que atuam em Curitiba, Londrina e Cascavel participaram, em abril, de um encontro para debater aspectos da nova Resolução CFP nº 006/2019, que passará a reger a elaboração de documentos escritos por Psicólogas(os) 90 dias após publicação em Diário Oficial da União, em 01 de abril.

O encontro contou com a participação da conselheira Mari Angela Calderari Oliveira (CRP-08/01374), coordenadora da Comissão de Avaliação Psicológica de Curitiba, que foi a representante do CRP-PR do Grupo de Trabalho nacional que culminou com a nova resolução e pôde dar mais explicações aos presentes.

O encontro ainda teve a presença de duas representantes do Grupo de Trabalho nacional sobre Escuta de Crianças e Adolescentes Vítimas de Violência, Deisy Maria Rodrigues Joppert (CRP-08/01803) e Angela Sanson Zewe (CRP-08/06216), que trataram de demandas das(os) profissionais e da Nota Técnica nº 003/2018, bem como do Departamento Jurídico e da Comissão de Mobilidade Humana e Trânsito.

Aprimoramento contínuo

A COF também participou, em fevereiro deste ano, do encontro de COFs da região Sul do país, que aconteceu em Florianópolis. Segundo entrevista concedida à época por Ludiana Cardozo Rodrigues (CRP-08/14941), conselheira do CRP-PR e presidente da COF, o encontro é importante para trocar experiências. “As demandas são muito semelhantes em função das regiões. A gente discute os pontos críticos que vêm de dúvida da COF, para ver como cada Estado está manejando. Assim nós vamos construindo com as trocas de informações”, explica.