Notícia

11º COREP-PR, Luta Antimanicomial e homenagem a profissionais da sáude da Assembleia Legislativa do Paraná: Confira agora as notícias de abril

11º COREP-PR

O mês de abril foi marcado pela democracia no Sistema Conselhos. Assim como diversos outros Estados, o Paraná realizou o seu 11º Congresso Regional da Psicologia (11º COREP-PR), em que 73 delegadas(os/es) aprovaram 125 propostas nos três eixos de debate: Organização democrática e participativa do Sistema Conselhos no enfrentamento da pandemia; Defesa do Estado Democrático e dos Direitos Humanos via políticas públicas; e O fazer ético e científico da Psicologia no trabalho em saúde mental.

A etapa regional também foi preparatória para a nacional. As 30 propostas que serão remetidas ao 11º Congresso Nacional da Psicologia (11º CNP), a ser realizado entre 2 e 6 de junho em Brasília-DF, foram elencadas entre as centenas analisadas, e a delegação paranaense, composta por 20 Psicólogas(os) titulares e 10 suplentes, além de duas estudantes titulares e um suplente, foi eleita. 

Saiba mais sobre o 11º COREP-PR: crppr.org.br/corep2022.

Luta Antimanicomial

Às vésperas de mais um Dia da Luta Antimanicomial, a sociedade civil se vê diante da continuidade dos sistemáticos desmontes das conquistas da Reforma Psiquiátrica brasileira (conquistados especialmente a partir da Lei nº 10.216/2001). Em um movimento de resistência e luta, o CRP-PR marcou presença na audiência pública no Senado Federal em defesa da Rede de Atenção Psicossocial (RAPS) no Brasil.

A iniciativa faz parte do esforço conjunto do Poder Legislativo e sociedade civil em exercer controle social sobre as políticas públicas de saúde mental e políticas sobre drogas vigentes no país e foi apoiada pela Frente Parlamentar Mista em Defesa da Reforma Psiquiátrica e da Luta Antimanicomial.

Movido pelo compromisso ético e político da profissão, o CRP-PR tem atuado de forma protagonista em defesa das estratégias de autonomia e cuidado em liberdade, na luta contra o estigma e o preconceito associado às pessoas em sofrimento psíquico e pela desinstitucionalização dos hospitais psiquiátricos.

Homenagem a profissionais da saúde na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep)

No último dia 25 de abril, o Conselho Regional de Psicologia do Paraná (CRP-PR) participou de homenagem a profissionais da saúde do Estado, em cerimônia realizada pela Assembleia Legislativa do Paraná (Alep). 

O evento instituiu a data 26 de abril como o Dia Estadual de Valorização de Profissionais da Saúde, em reconhecimento ao trabalho daquelas(es) que se empenharam para conter o avanço da Covid-19 e suas consequências.

Para saber mais sobre a cerimônia clique aqui

 

Dia Mundial da Saúde

Corpo são, mente sã. O popular e antigo ditado encontra respaldo na ciência – ainda que a sociedade tenda a hipervalorizar a saúde do corpo em detrimento da mental. Saúde física e mental são interconectadas, e compõem este estado geral de saúde. Não à toa, a Organização Mundial da Saúde (OMS) define saúde, desde 1948, como “um estado de completo bem-estar físico, mental e social”. Desde então, a ciência vem avançando na forma de abordar o tema, tendo em consideração as características de cada tempo e sociedade.

No entanto, a busca por um conceito único de saúde é um desafio até os dias atuais, e aquele cunhado pela OMS há mais de sete décadas foi, ao menos parcialmente, superado. Hoje, sabemos que o sofrimento, em alguma medida, faz parte da vida, e tentar superá-lo a todo custo – ou categorizar situações como o luto em um númerona Classificação Internacional de Doenças ou no Manual diagnóstico e estatístico de transtornos mentais – reforça a patologização e a medicalização da vida. 

Leia o texto na íntegra: crppr.org.br/o-que-e-saude

Datas celebradas

Dia da Luta e Resistência dos Povos Indígenas

19 de abril

Mais de 7 mil indígenas se reuniram em Brasília-DF entre 4 e 14 de abril para o 18º Acampamento Terra Livre, um dos maiores eventos em prol das pautas indígenas no país. O Assessor Técnico de Políticas Públicas do Conselho Regional de Psicologia do Paraná (CRP-PR), Psic. César Rosário Fernandes (CRP-08/16715), participou da ATL e avalia que a Psicologia deve estar nestes espaços para “aprender com o movimento indigena sobre como a Psicologia, através do seu processo ético e político, do seu compromisso social com a promoção de direitos humanos, pode contribuir com a agenda indigena na perspectiva de saúde mental dessas comunidades.”

Saiba mais sobre no link

Dia Mundial da Educação 

28 de abril

O dia 28 de abril é celebrado como o Dia Mundial da Educação em alusão à realização do Fórum Mundial da Educação da UNESCO, no Senegal, nesta data em 2000.

Atualmente, verificam-se sérias ameaças à ideia de uma educação emancipatória e libertária.Na contramão desse processo de desmonte, o Conselho Regional de Psicologia do Paraná (CRP-PR), em articulação com outras entidades associativas e profissionais, têm incidido sistematicamente junto ao poder público pela ampliação da presença de Psicólogas(os/es) na educação básica – reconhecendo o potencial da Psicologia Escolar em contribuir para a qualidade do ensino.

Leia na íntegra o texto

​A sua prática promove saúde mental?

A luta antimanicomial acontece nos CAPS, mas também em diversos outros espaços nos quais a Psicologia se insere. Se você atua em um CRAS ou CREAS, em uma escola, em um hospital, no Sistema de Justiça ou em diversas outras instâncias, sua prática também pode ser antimanicomial!

Compartilhe suas experiências enviando artigos para a terceira edição da Revista CadernoS de PsicologiaS! Com o tema “Saúde Mental/Luta Antimanicomial: ecos para Conferências de Saúde Mental”, a publicação está com edital de chamamento aberto até 15 de junho. Serão aceitos textos nas categorias “Relatos de Experiência”, “Resenhas”, “Inquietações Teóricas” ou “Estilhaços”.

Veja mais em: cadernosdepsicologias.crppr.org.br/numero-03-2022/

Pesquisa

Quem são as(os) Psicólogas(os) paranaenses?

Ainda é possível participar da nossa pesquisa “Quem são as(os) Psicólogas(os) paranaenses?”,  indicando qual a sua área de atuação e vínculo profissional.

O preenchimento é simples e pode ser realizado em menos de dois minutos. Com as informações*, queremos que a nossa comunicação com você seja mais assertiva e direcionada ao seu interesse profissional

*Em atendimento à Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD) 13.709/18, o sigilo das informações prestadas será resguardado; os seus dados permanecerão no âmbito do Conselho e não serão divulgados ou compartilhados.