Você é Psicóloga(o) atuante na RAPS? Participe da pesquisa!

O Conselho Regional de Psicologia do Paraná (CRP-PR) está promovendo, desde outubro de 2018, uma pesquisa sobre o atual estágio de implementação da Rede de Atenção Psicossocial (RAPS) no Estado do Paraná, os desafios para a implantação da Reforma Psiquiátrica e as experiências bem-sucedidas nos diferentes municípios. Segundo Carolina de Souza Walger (CRP-08/11381), conselheira-secretária do CRP-PR, “a ideia é saber como os serviços propostos pela legislação estão sendo ofertados para a população e entender qual tem sido o papel da(o) profissional da Psicologia neste espaço”.

 

O pesquisador responsável, Psicólogo Altieres Edemar Frei (CRP-08/20211), explica que a metodologia adotada é a cartografia, que permite flexibilidade à investigação: “Nós não temos um roteiro definido previamente. Assim, vamos identificando pistas que nos indicam o melhor caminho a seguir. Estas pistas podem surgir de conversas com profissionais ou usuários, por exemplo”. Os resultados parciais da pesquisa deverão ser apresentados ao longo do primeiro semestre do ano em programas de podcast e, ao final, será produzido um relatório.

 

Até agora, o Psicólogo já percorreu sete dos cerca de 40 municípios paranaenses que pretende visitar para imersões em campo até abril desde ano. Porém, a escolha dos territórios será, em parte, embasada em uma pesquisa com Psicólogas(os) que atuam em um equipamento da RAPS, a partir do questionário que está disponível abaixo.

 

As(os) profissionais poderão indicar elementos para que o pesquisador considere as especificidades de cada território. A identificação é opcional, sendo que apenas o município deve ser obrigatoriamente citado.