Em abertura de evento sobre esporte, Psicólogo fala sobre benefícios da atividade física sobre saúde física e mental

Começou na manhã desta quarta-feira (12) o XIV Seminário Internacional de Educação Física, Lazer e Saúde, II Simpósio Internacional de Psicologia do Esporte e III Budo Congress, organizados em parceria entre o CRP-PR, Universidade Positivo, Universidade do Minho e a International Traditional Karate Federation.

Na palestra de abertura, o Psicólogo Gilberto Gaertner (CRP-08/05000), que preside os eventos e é conselheiro do CRP-PR, falou sobre a importância da atividade física na promoção de saúde física e mental. “Vários estudos indicam os efeitos da atividade física e do esporte sobre o campo emocional. Uma atividade física moderada, de cinco a seis vezes por semana, como a caminhada, tem um efeito melhor sobre depressão leve do que antidepressivos convencionais”, disse, citando a campanha Setembro Amarelo, de prevenção do suicídio, fenômeno que pode ter entre suas causas a depressão. “Não estou falando que a atividade física e o esporte resolvem todos os males, mas é um trabalho preventivo de larga escala para minimizar os riscos”, complementou.

Gilberto também lembrou os efeitos do esporte no aumento da capacidade cognitiva de estudantes, que podem ter o rendimento escolar potencializado se praticarem uma atividade regular.  “A tentativa de corte da disciplina de educação física nos ensinos fundamental e médio é uma heresia completa, porque não somente beneficia a saúde física. Não podemos deixar isso acontecer de forma nenhuma”, afirmou.

A mesma reserva cognitiva pode ser importante ainda na prevenção de futuras doenças degenerativas do cérebro, como Alzheimer e Mal de Parkinson, mas alertou. “Hoje nós temos no Brasil quase 50% de sedentários, um número grande. Sedentarismo hoje é considerado doença. Isso mostra o quando nós ainda temos de espaço para crescer e ocupar nessa área do esporte e da atividade física.”